1 month ago - Translate

CUIDADO COM AS HERESIAS! NÃO CAIA EM SUAS ARMADILHAS!

Nos dias de hoje, muitos católicos estão despreparados espiritualmente para compreender as coisas que realmente estão acontecendo. Todo aquele que recebe o Espírito Santo, é para manter a fé de sempre e não para aprender ou ensinar “novas doutrinas”. Por isso se faz necessário ser prudente como as serpentes e fechar os ouvidos às novidades destruidoras da Igreja, pois não é possível seguir sacerdotes que nos arrastam ao erro. Ora, a tendência dos fiéis é a de seguir seus sacerdotes, se um sacerdote caminha no erro e ensina o erro, logo, os fiéis também serão conduzidos ao erro, e todo sacerdote será por Deus cobrado pelas almas que este conduziu ao Céu ou arrastou ao Inferno. Pregar aos fiéis o erro é o mesmo que pegar ad almas que Cristo resgatou e as devolver ao Diabo.

Eis que o fiel católico deve estar pronto para abraçar tudo aquilo que for conforme a Fé Católica durante mais de 2000 anos e recusar tudo aquilo que seja contrário à verdadeira fé. A Igreja não pode estar errada no que Ela sempre ensinou há mais de 2000 anos, pois são os mesmos ensinamentos de Cristo, dos quais não se pode tirar e nem pôr uma vírgula ou um til.

image
Please log in to like,share and comment
1 month ago - Translate

O QUE É O PECADO MORTAL



O pecado mortal (ou grave) é uma desobediência grave à Deus e à sua Lei.

Se comete pecado mortal quando:

1- A matéria é grave( ou seja, quando se trata de algo importante);

2- Existe o conhecimento de causa (ou seja, quando a pessoa sabe que está errado e continua fazendo);

3- Há a vontade deliberada (ou seja, quando se faz por querer);

Se faltar um desses três itens o pecado é leve ou venial.

O pecado mortal é assim chamado porque nos faz perder a graça de Deus, ou seja, a comunhão com Deus, levando nossa alma a um estado de morte. Quem comete um pecado mortal, rompe por própria escolha a amizade com Deus e coloca-se debaixo da julgo de satanás. É por isso que a Bíblia diz que todo aquele que peca é do diabo (IJo. 3,8).

O pecado mortal é o maior mal e a maior desgraça que um ser humano pode fazer nesta vida, justamente porque nos faz perder nosso maior bem que é Deus. Quem comete um pecado mortal torna-se réu do inferno, ou seja, torna-se merecedor do inferno, de modo que se morrer nesse estado, sem arrependimento, irá direto para o inferno.

Os pecados mortais mais comuns hoje são:

– Faltar missa dominical por preguiça ou comodismo;

– Viver junto sem ser casado (amasiados ou casados só no civil);

– Pratica sexual fora do casamento (adultério, fornicação, prática homossexual,etc);

– Pornografia (incluindo novelas com cenas imorais, BBBs, etc);

– Masturbação;

– Namoro indecente;

– Ter ódio das pessoas (quando se deseja o mal ao próximo);

– Frequentar falsas doutrinas (espiritismo, macumbaria, maçonaria, magia, etc.);

– Difamar e/ou caluniar pessoas;

– Inscrever-se ou votar em associações ou partidos abortistas ou que defendem ideias gravemente contrárias à família (como PT, PC do B, PSOL, PV, PSTU, PDT, etc.);

– Praticar ou apoiar a prática do aborto, evitar filhos por métodos artificiais (pílulas, camisinhas, DIU, etc);

– Embriagar-se ou fazer uso de drogas;

– Frequentar festas ou shows mundanos (carnaval, discotecas, boates, raves, bailes funks, etc.);

– Entre muitos outros…

A pessoa que está em estado de pecado mortal NÃO pode comungar, pois a SS Eucaristia é sacramento dos vivos, ou seja, só pode comungar quem está na graça de Deus, sem pecados mortais. Quem comunga estando em pecado mortal comete o gravíssimo pecado do sacrilégio, ou seja, da profanação do Santíssimo Corpo e Sangue de Deus.

A pessoa que se arrepende de seus pecados, por mais numerosos e graves que sejam, poderá recuperar a graça de Deus e portanto a amizade com Cristo, se arrependida confessar seus pecados com o sacerdote e receber a absolvição sacramental (Jo. 20,22-23).

A pessoa que morre em estado de pecado mortal se condena para sempre ao inferno (Mt. 25, 41). Por isso devemos nos esforçar para amar a Deus de verdade e fugir de todo pecado e de toda ocasião de pecado, pois só se salvam aqueles que no momento de sua morte estão na graça de Deus, ou seja, sem pecados mortais.

Mas se por fraqueza, ilusão ou orgulho cairmos em algum pecado mortal, não permaneçamos deste modo, fora da comunhão com Deus… busquemos um sacerdote e contritos confessemos nossos pecados. Deus não rejeita ninguém que arrependido lhe suplica seu perdão. Devemos nos confessar com frequência (quinzenalmente ou ao menos mensalmente) como ensina o Código de Direito Canônico.

image
Please log in to like,share and comment

SOBRE O PIEDOSO USO DO VÉU NA SANTA MISSA: TENS VERGONHA DE USAR O VÉU?

"Ah, é que eu queria muito usar o véu, mas na paróquia onde eu freqüento ninguém usa!"

Ora, e o que lhe impede de ser a primeira?

"Ah, mas e que as outras pessoas vão pensar isso, vão pensar aquilo, vão olhar esquisito..."

Ora, do que lhe importa o que vão pensar ou deixar de pensar? Falar ou deixar de falar? Tens vontade de usar o véu? Então o ponha na cabeça e pronto! Sobre o que os outros vão pensar ou deixar de pensar, falar ou deixar de falar; se vão gostar ou deixar de gostar, isso aí é problema deles e que cada qual durma com o barulho! A Quem você tem que agradar é a Cristo, a Nossa Senhora, aos Anjos e aos Santos e não a uma sociedade alienada, seu auto-estima e sem personalidade própria, que precisa ser arrastada pelos outros, por modinhas e por modismos. A Quem você tem é Deus para agradar e não uma sociedade para impressionar.

"Ah, mas será que minhas amizades irão se afastar de mim, me taxando de fanática religiosa, beata e carola?"

Não! Tuas amizades (digo amizades verdadeiras) não! Os que irão se afastar de ti são colegas de fofoca, as quais tu chama de "amizades". Quanto a estes, que a porta da rua não deixe de ser a serventia da casa, caso queiram se afastar, e nem seja também por falta de adeus. Não se preocupe em ganhar ou perder amizades, mas antes se preocupe em ganhar almas para Cristo e sê diferente! No mais, não há nada que cause tanto pavor a Satanás do que o véu de uma mulher cristã verdadeiramente casta e o hábito de uma freira. Muito mais até mesmo do que a batina de um sacerdote.

image
Please log in to like,share and comment

A VIRTUDE DA CASTIDADE

A castidade é uma virtude moral que preserva o homem de qualquer complacência indevida com a satisfação sexual.

É a expressão de uma plena vitória da vontade sobre o instinto.

É uma nota inconfundível das almas nobres e fortes.

O homem casto não é apenas aquele que não tem uma vida sexual desregrada, mas é o que exerce pleno controle sobre seus atos e palavras e também sobre seus instintos e desejos.

A castidade é o resultado de uma auto-disciplina, permanentemente exercida sobre os pensamentos, desejos e sentidos num ideal de nobre austeridade voluntariamente aceito. A impostura dos devassos consiste em se apresentarem como corajosos e libertos de todo tabu. Quando, na verdade, são covardes que abdicaram da luta interior e se tornaram escravos de suas paixões.

image
Please log in to like,share and comment
  • About
  • Porque não é somente de conteúdos ilícitos que é feito a Deep Web.